COMO ME SINTO APÓS CIRURGIA DA TIREÓIDE ? 

A glândula tireóide produz um dos principais hormônios para o adequado funcionamento de nosso organismo, os hormônios T3 e T4.

 

Esses hormônios atuam e influenciam no metabolismo celular, e a falta desse hormônio leva o corpo a um desgaste e posterior falência das funções orgânicas em casos não detectados e muito graves.

 

Após a tireoidectomia total ( retirada total da tireóide ), o organismo não terá mais quem produz esses hormônios, dessa forma, após a retirada da tireóide, o paciente necessita fazer a reposição dos hormônios tireoidianos diariamente, numa dose específica de acordo com cada paciente. Hipotireoidismo é o nome da doença devido redução dos hormônios da tireóide.

 

Os sintomas que ocorrem pela falta ou diminuição desse hormônio são muito variados e ocorrem em praticamente todos os órgãos do corpo. Podem ocorrer;

 

 

Gerais : nas articulações, fadiga, incapacidade de praticar atividade física, letargia, síndrome da fadiga ou sentindo frio

Na pele: descamação, rugosidade ou secura

Na menstruação: menstruação anormal ou menstruação irregular

No aparelho gastrointestinal: constipação ou retenção de líquido

No sono: ronco ou sonolência

Nos músculos: cólicas ou fraqueza muscular

No desenvolvimento: crescimento lento ou puberdade atrasada

Nos cabelos: queda de cabelo ou secos

Também é comum: afinamento das sobrancelhas externas, colesterol alto, depressão, disfunção sexual, eczema, ganho de peso, inchaço, letargia, olhos inchados, palidez, pelos grossos, pés e mãos frias, rigidez das articulações, ritmo cardíaco lento, sensibilidade ao frio, tireóide aumentada ou unhas quebradiças

 

(92) 3085 - 6000
  (92) 99441 - 5069
 (92) 98450 - 7774
drmarciofernandes@outlook.com
Av. Mario Ypiranga, 315, Adrianópolis
Edifício THE OFFICE INTELLIGENT BUILDING
Sala  307

© 2017 Todos os direitos reservados - Dr. Márcio Costa Fernandes